”Não tenho herança”; Carlos Gallo comenta futuro do Costa a Costa e novo EP solo

Genius Brasil

”Não tenho herança”; Carlos Gallo comenta futuro do Costa a Costa e novo EP solo By Genius Brasil

Genius Brasil entrevista Carlos Gallo

Após estourar pelas ruas de Fortaleza e criar o grupo Costa a Costa em meados dos anos 2000, Carlos Gallo—ou ainda Nego Gallo—se firmou como um dos expoentes do rap nordestino, mostrando esse mundo do “lado de cá” do mapa. Não fugia das temáticas sobre violência e gangues, mas também apresentou novas ideias e vivências, outra marginalização e realidade.

Após o grupo o qual alavancou seu nome no cenário entrar em hiato, no início da década de 2010, Gallo se manteve um pouco mais distante. “Foi uma necessidade. Haviam outras questões que precisavam do meu envolvimento”, explica. Estar presente em seu meio fez ele aprender mais sobre seu lugar e compreender essa necessidade de atenção e cuidado. Ingressou em atividades sociais onde esteve de próximo a pessoas expostas à vulnerabilidade. “Pude de alguma forma dar respostas às minhas próprias questões”, corrobora.

Em 2014, voltou com o single “Bang Bang”, produzido por Coro MC, onde anunciava seu EP solo que só veio chegar em 2016. Carlin Voltou traz no título o lembrete de Don L, parceiro de Costa a Costa e outro importante nome do nordeste. Antes disso, em 2013, Gallo participou da mixtape de Don, o que se repetiu em RPA3 deste ano. Veio também acenos a um retorno do Costa. “O projeto toma corpo a partir desse ano”, nos antecipa. Turnês e até mesmos novas produções podem vir. Refletindo sobre a influência de seu combo, sentencia: “a importância no cenário nacional que temos está ligada ao que trazemos na essência”. “O Costa a Costa já mostrou inúmeras vezes que estamos em outra instância; habitamos outro tipo relação com nossos fãs”, complementa.

Ele também fala de projetos solo e promete um novo registro em breve. Um EP terá novamente produção de Coro e finalização de Léo Grijó. “Durante seis meses eu e Jonas de Lima trabalhamos em algumas faixas que tiveram aprovação e seguem sendo finalizadas”, comenta. “Uma marca desse trampo é não reproduzir os chavões.” O single “Surto” foi divulgado no fim de março, caracterizado por sua marcante voz e habilidade melódica. Pensando sobre o futuro, ele conclui: “as novas experiências serão resultado dessa forma de existir.”

Arte de capa do single “Surto”

Confira abaixo a entrevista exclusiva completa com Carlos Gallo:

Genius Brasil: Do seu primeiro trabalho com o Costa a Costa ao último , houve um período de 9 anos sem lançamento de álbuns. O que aconteceu em sua carreira nesse período?

Carlos Gallo: Foi uma necessidade esse hiato, haviam outras questões que precisavam do meu envolvimento indo à onde os Rappers geralmente não vão, estando entre gente que é ignorada não só por estes, mas também por esses por serem pobres pretos e não consumidores. Com trabalhos na área de Redução de Danos junto a usuários de SPAs nos bolsões de miséria da minha capital, tive de certa forma uma oportunidade de auxiliar pessoas em condições de extrema vulnerabilidade social e nesse processo pude de alguma forma dar respostas às minhas próprias questões. Numa sociedade cada vez mais polarizada por padrões distorcidos de satisfação, sucesso e felicidade, foi junto aos invisíveis nesses anos que tentei colaborar para além dos famosos e suas pilantropias.

GB: Recentemente, foi anunciada a volta do Costa a Costa. O que será essa volta? Uma turnê, um disco novo ou a volta definitiva do grupo?

Gallo: Sim, verdade, o projeto toma corpo a partir desse ano com a turnê e os novos trabalhos.

GB: No novo disco do Don L, você participou da faixa “Aquela Fé”. Você teve um envolvimento maior na produção? Como se dá essa parceria entre vocês?

Gallo: Gabriel Don L me enviou uma pré de algo muito denso, carregado de verdade e genialidade de que sou admirador. Me chamou para colaborar o que é sempre desafiador pelo potencial desse meu irmão que considero melhor representante do gênero no país. Na mesma semana uma série de acontecimentos começaram a dar forma aos versos e então enviei pra ele o esboço que logo se tornou acredito, parte das reflexões do êxodo e desse não lugar que algumas pessoas que como eu também vivenciam.

GB: Em seu disco, Don L critica o cenário atual, inclusive a postura de rappers famosos. Como você vê essa questão? As dificuldades, principalmente para rappers do nordeste, contrastam muito com esse modelo de mercado de alguns rappers?

Gallo: Não tenho ideia de quem são esses “famosos” e se são não são aqui no mundo real, não os conheço nem os acompanho. Tenho uma inquietação quanto à futilidade, e gente fresca e dissimulada, evito sempre que possível. Quanto às dificuldades de inserção de trabalhos no mercado de São Paulo e Rio de Janeiro, o Costa a Costa já mostrou inúmeras vezes estar em outra instância; habitamos outro tipo relação com nossos fãs, por isso não existe o ostracismo que se enxerga nos famosos.

GB: Há pouco tempo, escrevemos sobre o disco do Costa a Costa, onde falamos sobre a criação do grupo e a sua importância para o rap regional. Como você nota essa influência nos trabalhos posteriores de outros artistas? Você toma como influência alguma coisa mais recente?

Gallo: A importância no cenário nacional que temos está ligada ao que trazemos na essência. E não falo de música, já que essa só existe porque alguém a concebe. A regionalização foi a forma que algumas pessoas tentaram ou tentam nos enquadrar pra não terem que reconhecer nossa presença em seus nichos de mercado uma mescla de protecionismo incompetência e preconceito. Gosto muito do que Diomedes chinaski desenvolve, de Luiz Lins, Vandal, Baco e Flora Matos.

GB: Em uma conversa recente, você tinha adiantado a nossa equipe que seu disco novo está em produção. O que pode nos falar sobre ele?

Gallo: Sim. Se trata de um EP, durante seis meses eu e Jonas de Lima trabalhamos em algumas faixas que tiveram aprovação e seguem sendo finalizadas por Léo Grijó, a quem sou grato por somar trazendo sua experiência e talento. Uma marca desse trampo é não reproduzir os chavões. Não passo o dia drogado, saca? Nem tenho herança. Como falei, a música pra mim agrega outras instâncias que não reconhecem ou se detém nas fronteiras geográficas. Essa é a sintonia.

GB: Quais são seus planos para sua carreira? Novos projetos, parcerias?

Gallo: Sigo compondo, aprendendo e me questionando: esse é o meu exercício. As novas experiências serão resultado dessa forma de existir. Nordeste no Topo!



Learn how to find the lyrics of Genius Brasil

How to search Baco Exu do Blues Lyrics on the Rare-lyrics.com

At the top of the site, it is possible to search the lyrics with 3 methods

The first way to search for lyrics: Enter the name of the singer For example: Baco Exu do Blues

The second way to search for lyrics: Enter the song name For example: ”Não tenho herança”; Carlos Gallo comenta futuro do Costa a Costa e novo EP solo

The third way to search for lyrics: Enter part of the lyrics


tags: - ”Não tenho herança”; Carlos Gallo comenta futuro do Costa a Costa e novo EP solo lyrics - ”Não tenho herança”; Carlos Gallo comenta futuro do Costa a Costa e novo EP solo song text - Genius Brasil ”Não tenho herança”; Carlos Gallo comenta futuro do Costa a Costa e novo EP solo - Genius Brasil ”Não tenho herança”; Carlos Gallo comenta futuro do Costa a Costa e novo EP solo lyrics - Genius Brasil lyrics - music lyrics of ”Não tenho herança”; Carlos Gallo comenta futuro do Costa a Costa e novo EP solo

All Artists: # 24kGoldn A A.C.E Aden Albino Alemán André De Shields Anne-Marie Ano Arctic Monkeys Ariana Grande Ashnikko ATB AURORA AURORA Ava Max Avicii B Bad Bunny Bad Bunny Bella Poarch Billie Eilish Black Eyed Peas Black Eyed Peas Black Eyed Peas Bruno Mars BTS BTS C Calvin Harris Cardi B CB Charlotte Jane CJ Cochise Coldplay Conan Gray D ​d0llywood1 DaBaby DAY6 Destiny (MLT) Dino Blunt Doja Cat Dose Drake Dua Lipa Duncan Laurence E Ed Sheeran Elisa (PRT) Eminem ENNY F Fiedlerski (CZ) Finch (US) Fleetwood Mac FRO (TR) G Galantis GameboyJones Genius Azərbaycan Tərcümə Gera MX GIVĒON Gizmo Glass Animals GSoul Gym Class Heroes H Harry Styles Hedwig and the Angry Inch Her (FRA) HHP Hozier Hozier Human Touch (Pop) I Imagine Dragons Imagine Dragons Immune (GRC) Internet Money Israel & Rodolffo Israel & Rodolffo Ivan Torrent Ivana J J Balvin J. Cole Jakob Jawsh 685 Jawsh 685 Jefe (TR) ​jimbo (UK) Joel Corry John Legend John Mayer JORDY Josh A & iamjakehill Josh Golden Juice (SWE) Juice WRLD Justin Bieber Justin Bieber Justin Quiles Justin Wellington K Kali Uchis KAROL G ​ked L Lady Gaga Lewis Capaldi Lil Baby Lil Nas X Lil Tecca Lil Tjay M Maluma Måneskin Manuel Turizo Maroon 5 Marshmello Masked Wolf Matt Maltese Meduza Miley Cyrus Mora Mora Myke Towers N Nathan Evans Natti Natasha Nio García Nirvana O Ofenbach Olivia Rodrigo OneRepublic P P!nk Peezy Polo G Pop Smoke Post Malone Powfu Q Queen Queen R Rauw Alejandro Rauw Alejandro Rauw Alejandro Rauw Alejandro Regard Regard Regard Riton Rochy RD Roddy Ricch Roddy Ricch S Saez SAINt JHN SAINt JHN ​sangiovanni Saweetie Sebastián Yatra Sech Sech Selena Gomez Selena Gomez Shawn Mendes Soso Maness StarBoi3 Surf Curse SZA T Tate McRae The Chainsmokers The Chainsmokers The Kid LAROI The Killers The Killers The Neighbourhood The Neighbourhood The Police The Weeknd Tiësto TINI TINI Tom Grennan Tom Grennan Tom Odell TOMORROW X TOGETHER Tones and I Topic Travis Scott Trippie Redd U V Vance Joy W X XXXTENTACION Y Young Stoner Life Z ИЧИ (EECII) Экси (Eksi)

You are viewing the Song Lyrics or music text