Giros do Infinito Lyrics

Xaga Lyrics



E agora eu vou dar uma de gênio
Eu tenho ambição pra ser o Steve Jobs do Novo Milênio
É uma questão de desempenho
Alcançar o auge e tocar o topo
Sem esquecer de onde venho
Eu tô por cima dessa tempestade
Tão alto que o tempo não fecha
Tão alto que nem existe tempo
Tão longe de todas vozes que diziam:
"Xaga, 'cê nem chegaria perto"
Se mantenha longe, é um lixo, é um luxo
Mano, sе mantenha longe, de todos е tudo
Esqueça as vozes que não te respondem
Eu me mantenho longe, é o fluxo...
Madame eu roubei conhecimento
Desligue o telefone
Eu sou merecimento
Fundido com abastecimento
Sou “99 problemas”
Que respondem “21 questions”
Vamos, n***a, se levante
Essa porra é só o aquecimento
Vamos, baby, me levante
Minha vitória é só questão de tempo
Eu te conheço hoje e desconheço amanhã
Ame-se, "Antes que o luar se apague!"
"Prenda-me se você for capaz," rapaz
É meu filme que tá em cartaz
Eu cansei dessa loucura
Playboy, quero que você se foda
Eu, quero mermo que 'cês tudo morra
Sou perigoso e cuspo fogo na industria bélica
Suas balas de borracha não me afetam
Eu me perdi nesse universo, credo!
Entre a liberdade e os rasantes emocionantes desse verso
Talvez eu seja o louco da parada
Ou talvez você que precisem de cérebro
Vire na próxima esquina
Cuidado com os moleque, eles têm berro
Gostaram de você, a**im espero
Malandro do samba, eu sou do boteco
Mais foda que Astronauta Americano
Marrento igual Stark, um Homem de Ferro
Projeto X, minha festa é alucinante
Me diga, então: drogas, pra que te quero?
Por você, gata, minha Halle Berry
Me diga, então: drogas, pra que te quero?
Welcome to my universo eterno

Esse é o Giro do Infinito


Bala nos racistas!
Esses caras merecem uma surra
Deslegitimando a luta
Em quem tu se inspirou em A Outra História Americana?
Um jovem negro, um nazista ou um cana?
Tipo O Menino Que Descobriu o Vento
Incansavelmente ouvi os beat, descobri meu tempo
Vi que o rap é hype, é só momento
E que o hip hop é o que te faz crescer por dentro
Nós se ajuda porque nós sabe
Vendo os inocente À Espera de Um Milagre
Uma guerra árdua, À Procura da Felicidade ou apenas Homens de Honra
Raridade, negócios, alta velocidade
Eu e minha tropa, irmandade
Eles e a corja, pet** gâteau e impunidade
Pros meus irmãos: paz, justiça e liberdade!
Como quem chegou em casa vivo, olhar de seriedade
De quem mata o outro na maldade
Deus me livre e guarde
Prefiro domingo, pipa e laje
Bezerrão, malandragem
Duro de Matar, atravessando o tempo de matar
Só papo de morrer, de vai matar
Deus me livre e guarde
Só mar baile rolando até mais tarde
Daí pra lá é fé, é Deus que sabe

É a tropa, é o bixo!
Esse é o Giro do Infinito




All Artists: 0 A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

we all love music